Blog

#Marketing Digital

4 atualizações do algoritmo do Google para conhecer

17 de agosto de 2021|Postado por: Black Beans

Você sabia que o algoritmo do Google é atualizado constantemente para entregar resultados assertivos para os usuários? Há tanto as atualizações diárias para pequenas melhorias como as grandes mudanças realizadas anualmente, que afetam as diretrizes do ranqueamento orgânico.

Elas costumam deixar as equipes de marketing de conteúdo de cabelos em pé, afinal, é preciso acompanhar, estudar e entender as formas de produzir materiais que sigam o que é determinado como uma boa prática pelo buscador.

Isso muda a forma como escrevemos, por exemplo: até um tempo atrás, colocar diversas palavras-chave em um texto, mesmo que fora de contexto, parecia algo interessante para o SEO.

Hoje, já sabemos que não é muito bem assim a história. Conteúdos relevantes, de qualidade, que trabalham o termo principal de forma coerente, baseado na semântica, costumam ser os que mais ganham destaque.

Separamos algumas dessas atualizações do algoritmo do Google ao longo dos anos, cada uma conta com um nome diferente e ficaram conhecidas por características distintas.

Conheça algumas das mudanças mais marcantes no algoritmo do Google

Panda, em 2011

Nesta atualização, o Google passou a penalizar conteúdos que pecavam na qualidade, principalmente os que contavam com muitos anúncios. Esse foi um ponto importante, afinal textos relevantes passaram a ser bem recompensados, o que ajudou a trazer assuntos diversos e bem trabalhados para o meio digital.

Penguin, em 2012

Neste momento, o algoritmo do Google passou a interpretar como uma prática ruim quem lançava algumas “artimanhas” para dar uma pequena enganada nos robozinhos do buscador e otimizar o SEO (os chamados black hat). A partir daí, quem estava nesse ambiente para se apoiar nas técnicas e tentar ranquear, foi perdendo espaço.

Algoritmo do Google: Hummingbird, em 2013

Uma das mais importantes (ou a mais) atualizações do algoritmo foi justamente a Hummingbird. Isso porque passou  considerar a semântica, o contexto da pesquisa do usuário, o colocando no centro de tudo.

Ou seja, não é só sobre palavras-chave e conteúdos otimizados para o SEO. É sobre produzir conteúdos que atendam as pessoas e as suas intenções de busca, respondendo cada vez mais com assertividade.

O rankbrain, mudança de 2015, incluiu a inteligência artificial ao algoritmo, algo mais complexo, com foco em entregar resultados mais relevantes.

Leia também: Técnicas de SEO: Entenda como elas funcionam

EAT, em 2019

EAT significa Expertise, Authoritativeness and Trustworthiness (Expertise, Autoridade e Credibilidade em português). Essa atualização do algoritmo do Google colocou alguns pontos como confiabilidade, autoridade e expertise como importantes para o ranqueamento no buscador.

Manter uma alta qualidade nos conteúdos também continuou sendo um fator influenciador!

Outras mudanças incluem um olhar para o mobile, por exemplo. Hoje o Google entende justamente o mobile como determinante para o SEO, dando mais atenção para os materiais otimizados e responsivos.

Que lição podemos tirar disso tudo?

A verdade é que as atualizações do algoritmo do Google são pensadas em trazer melhorias, com foco em apresentar ao usuário resultados relevantes. Mas não podemos nos aprisionar a isso: é importante acompanhar o que o buscador vem fazendo, aplicar ajustes, mas continuar produzindo conteúdos de qualidade, além de realizar otimizações constantes.

Artigos originais, bem escritos, com coerência e coesão, bem como embasados em uma estratégia de sucesso são capazes de ranquear e ajudar na construção da autoridade da marca!

Quer conferir mais conteúdos? Continue acompanhando o nosso blog.

Compartilhe:

Posts Relacionados

#Marketing Digital

TikTok – Uma ferramenta poderosa no marketing digital

Você ainda fala que TikTok é dancinha? Opa, então você precisa ler este artigo! O TikTok se estabeleceu como uma plataforma de mídia social extremamente popular, ganhando destaque nos últimos...

Continuar lendo

#Marketing Digital

O poder da cauda longa para o marketing e vendas

O que é cauda longa? Se você ainda não conhece este conceito, esse é o momento de ficar por dentro de uma das principais estratégias de marketing e, principalmente, do marketing digital. Este...

Continuar lendo

Bora conversar?

Só se for agora

Nossos

parceiros