Blog

#Marketing Digital

O que é ser Data Driven?

13 de janeiro de 2023|Postado por: Black Beans

O que é ser Data Driven?

O conceito de Data Driven é cada vez mais aplicado nas empresas, sendo muito trabalhado nos setores de Gestão e Marketing de diferentes segmentos.

Mas você sabe o que é ser Data Driven? Se a sua resposta foi “não”, fique tranquilo. No artigo de hoje, o Diretor de Marketing da Black Beans, Fagner de Sousa, explica as vantagens dessa metodologia, principais estratégias e como aplicá-la na sua empresa. Confira até o final! 

Data Driven: Entenda o conceito por trás do assunto

De maneira concisa, Data Driven nada mais é do que um projeto orientado a dados. Empresas que aderem a este recente conceito, colocam os dados no centro das tomadas de decisão, com o intuito de criar estratégias e definir objetivos com base no cruzamento dessas informações. Ou seja, é um sistema de trabalho que usa os dados para orientar e aprimorar cada etapa do processo.

O Data Driven surgiu através da tendência de Big Data, onde conseguimos pegar uma grande quantidade de informações e propor soluções e insights a partir desses dados.  

Quais os principais benefícios do Data Driven?

Existem diversas vantagens em adotar essa metodologia para o seu negócio, mas segundo o nosso Diretor de Marketing, as que mais se destacam são: 

  • Agilidade e eficiência nas tomadas de decisão: independente da área da sua empresa, a velocidade na tomada de decisão é essencial. Afinal, tempo é dinheiro, não é mesmo? Por isso, através do Data Driven você consegue não só ter resultados melhores e mais rápidos, como também escalar processos de maneira mais eficiente.
  • Reduzir custos: a partir do momento que você consegue tomar decisões mais rápidas e mais assertivas, sua empresa automaticamente começa a reduzir custos com os processos. Um bom exemplo para isso é pensar no investimento em Marketing Digital de um negócio, através dele é possível mensurar quantas pessoas viram uma campanha, como ela performou, qual o maior público impactado, índices demográficos e por aí vai – esse é o real poder de segmentação da cultura Data Driven, que obviamente, te ajuda a reduzir custos e investir em algo que realmente ofereça lucro para a sua empresa.
  • Produzir conteúdo assertivo: na criação de conteúdo é possível entender o comportamento do usuário e o perfil dele, tudo pautado em dados. Dessa forma, você consegue ver o que funciona melhor para o seu público e pode continuar investindo em uma produção que vai ter mais aderência e conversão. 
  • Otimizar a experiência do usuário: um assunto muito comentado hoje em dia é a experiência do usuário dentro do mundo digital, e a cultura Data Driven é uma grande aliada quando se trata deste tema! Afinal, através dos dados você consegue saber quantas pessoas entraram no seu site, clicaram no botão Y ou Z, favoritam um produto X, deram zoom numa foto ou viram um vídeo e por aí vai… Tudo isso alimenta uma cultura de Data Driven junto às otimizações de UX.
  • Integrar a área de Marketing e Vendas: por último, mas não menos importante, a partir deste conceito é possível fazer uma integração entre Marketing e Vendas e beneficiar as duas áreas através disso. Afinal, a equipe comercial terá mais insumos para trabalhar e vender mais através dos dados de Marketing, enquanto o time de Marketing terá mais feedbacks sobre as campanhas. Isso cria um ciclo de otimização entre as áreas que será muito eficiente para o seu negócio. 

Leia também: Como calcular custos de campanhas digitais de maneira eficiente

Como implementar a cultura Data Driven na sua empresa

Aplicar a cultura Data Driven dentro da sua empresa pode ser um desafio inicialmente. Afinal, ela não envolve somente aplicar tecnologia e processos no seu negócio, como também necessita que a sua equipe siga certos padrões para gerar dados úteis. Você terá que contar 100% com o seu time de Marketing e Vendas, que irão gerar dados e aplicar os insights absorvidos através deles. 

Para te ajudar na implementação deste conceito, o nosso Diretor de Marketing listou alguns pontos importantes para você colocar em prática. Confira: 

  1. Construa uma infraestrutura de dados – para implantação da cultura Data Driven, sua empresa deve construir uma infraestrutura de dados. Afinal, esta metodologia demanda da tecnologia para ser eficiente, mesmo que seja algo extremamente simples como uma planilha de Excel. O objetivo é ter uma visão abrangente que permita seu negócio escalar pouco a pouco. 
  2. Estabeleça uma estrutura de análise de dados – uma vez que a infraestrutura estiver pronta, sua empresa deve estabelecer uma estrutura de análise de dados. Afinal, a quantidade de dados que são gerados é enorme e você irá precisar usar dashboard de BI como o Google Data Studio, que irá transformar esses dados em gráficos e informações. 
  3. Seja proativo em relação aos dados – sua empresa deve buscar constantemente por novos insights a partir de novos dados para melhorar o desempenho. A partir do momento que você implementa a cultura Data Driven no seu negócio, precisa ter em mente que essa metodologia demanda de um ambiente aberto à inovação e com um time que tem insights diferenciados. Afinal, é um processo de tentativa e erro. 

Conclusão

Criar uma cultura Data Driven é fundamental para a sua empresa ter vantagem competitiva e alcançar o sucesso nos dias de hoje. Porém, isso significa mais do que apenas ter dados. É necessário usar a tecnologia, construir uma infraestrutura de dados robusta, estabelecer uma estrutura de análise e gestão de dados eficaz, e selecionar as métricas certas para acompanhar o desempenho.

Lembre-se, o sucesso da implementação dessa metodologia demanda contar com uma equipe aberta à inovação, que pense fora da caixinha. Afinal, ideias inovadoras através de dados bem analisados, podem levar a sua empresa a resultados surpreendentes.

Esperamos que as nossas dicas tenham sido úteis. Não deixe de assistir ao vídeo, no nosso canal do YouTube e mande as suas dúvidas. A gente tem o maior prazer em poder ajudar a sua empresa!

Compartilhe:

Posts Relacionados

#Marketing Digital

TikTok – Uma ferramenta poderosa no marketing digital

Você ainda fala que TikTok é dancinha? Opa, então você precisa ler este artigo! O TikTok se estabeleceu como uma plataforma de mídia social extremamente popular, ganhando destaque nos últimos...

Continuar lendo

#Marketing Digital

O poder da cauda longa para o marketing e vendas

O que é cauda longa? Se você ainda não conhece este conceito, esse é o momento de ficar por dentro de uma das principais estratégias de marketing e, principalmente, do marketing digital. Este...

Continuar lendo

Bora conversar?

Só se for agora

Nossos

parceiros